Escreva Criativamente

Compartilhar post

             Austin Kleon é um autor americano que adquiriu uma notável relevância em mídias como o The Wall Street Journal e o site 20×200.com. Mais conhecido por seu livro – ou seria um manifesto? – Roube Como um Artista, sucesso de crítica e de aceitação. Nele, o autor faz uma série de colocações pertinentes e relevantes para todos aqueles que dependem da criatividade para matar os leões do dia-a-dia. Veja a seguir como Escrever Criativamente, uma série de dicas que nós da Palavra Pronta separamos para você.

        Arte é furto, dizia Pablo Picasso

             Há poucos tipos de roubo que não são enquadrados no código penal, e um deles com certeza não é o roubo de ideias – a Propriedade Intelectual defende cada ser humano e artista inovador –, então como roubar sem ser um criminoso?

             A máxima “Nada se cria, tudo se copia… e se transforma.” Já se tornou um clichê, tanto nos programas de TV quanto nas obras literárias, é observável que nada é puramente original, tudo é resultado de observação, conclusão e replicação. Não há nada novo de baixo do sol, dizia o salmista. Tendo isso em mente, não tenha medo de roubar boas ideias, fundi-las a outras e a partir delas desenvolver algo original.

“O que é originalidade? Plágio não detectado.”
William Ralph Inge

       Comece Agora

           Quem nunca disse a si mesmo estas palavras: “Não estou inspirado.”

            Há um tipo de romantização na escrita, talvez causada pelo resultado de obras ilustres que sobreviveram ao tempo, mas saiba que você não precisa de uma musa inspiradora para Escrever Criativamente e esperar por alguém – ou alguma coisa – que nunca chegará. Você ficará sentado na praia por um longo período aguardando a chegada da inspiração.

           Comece agora, não amanhã, nem depois, nem quando achar que esta preparado. Imagine-se como um grande escritor best-seller, um exímio dramaturgo, um renomado artista. Imagine agora, imagine, até que você se torne um.

“Você começa como um impostor e torna-se real.”
Glenn O’Brien

       Escreva Aquilo Que Gostaria de Ler

            Não caia na armadilha de escrever sobre aquilo que conhece, isso pode lhe render um bom texto acadêmico, mas talvez não aquilo que você mesmo gostaria de ler em sua folga. Coloque no papel (ou na tela) as palavras que você sente falta, a história que gostaria de ouvir, o mundo que gostaria de criar. Reúna o seu compilado de “roubos criativos” e deixe-se escrever as palavras que encantem a você mesmo, só depois preocupe-se com o que o possível leitor gostaria de ler – e quando descobrir o que ele gostaria, ignore. Escreva para si mesmo, para seu próprio gosto. O mundo é bastante grande, não tenha dúvidas que haverá ao menos um pequeno exército solto por ai com os mesmos gosto que você, e muitos outros que encontraram deleite nas novidades que você escreve.

           Até mesmo os cantores usam esta tática. Brian Eno (compositor e músico britânico) colocou isso em palavras ao declarar:

“Meu interesse em fazer música é criar algo que não existe

e que eu gostaria de ouvir.”

 

        As Mãos, Use as Mãos

             Não estamos cometendo pleonasmos aqui. Usar as mãos para escrever é muito mais do que apenas aninhar-se frente à uma tela e ali permanecer por um longo período enquanto se choca as palavras. A tela em branco, ou a página em branco, pode ser uma grande inimiga. Permita-se ter um momento para rabiscar, anotar ideias em um bloco de papel, pintar um desenho, montar um quebra-cabeças, cortar legumes, lavar pratos, permita que suas mãos façam o trabalho delas.

“Não sabemos de onde nossas ideias vêm.

O que sabemos é que não vêm dos nossos laptops.”
John Cleese

         Tenha Um Hobbie, ou Algo Parecido

             A procrastinação pode ser a arqui-inimiga de alguns, mas a procrastinação produtivas, sua irmã benigna, pode ser a sua maior aliada. Não descarte seus hobbies e passatempos simplesmente por acreditar que deveria dedicar mais tempo ao trabalho, muitas vezem eles são o combustível para seu trabalho.

              Stephen King, um dos maiores escritores de nosso tempo, autor de obras que foram adaptadas para o cinema e a TV ( IT: A Coisa, Carrie a Estranha, Sob a Redoma, a A Torre Negra e muitos outros.) Declarou abertamente que possui há mais de vinte anos uma banda de rock composta por amigos escritores. Um projeto que começou como um passatempo de verão, se tornou o hobbie de sua vida. Além disso, faz longas caminhadas todas os dias, para manter o corpo e a criatividade em movimento; cientistas já comprovaram que exercícios físicos são importantes paro o exercício cerebral.

              Resumindo, é durante atividades paralelas à escrita que o cérebro encontra as melhores ideias.

“Não dá para ligar os pontos olhando para frente,

você os liga olhando para trás.”
Steve Jobs

        Faça Um Círculo

             Não no sentido literal da palavra, mas sim nos significados que ele pode ter. Rodeie-se daquilo que lhe inspire. Sejam coisas, lugar ou pessoas.

              “Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo.” Disse Jim Rohn; autor, empreendedor e palestrante motivacional. E não poderia estar redondamente mais certo. Você já deve ter ouvido de seus avós as palavras: Diga-me com quem andas que te direi quem és. Não fazendo juízo moral, mas há sabedoria nestes dizeres.
Como em todas as áreas da vida, se deseja ser um bom escritor, rodeie-se de bons escritores, se não houver nenhum ao seu redor, bom, a internet está ai para isso. Siga aqueles autores, blogueiros e sites que te inspirem.

         Seja Chato

              É fácil distrair-se nos dias de hoje, e ainda mais fácil quando não se tem disciplina. O TDAH (Deficit de Atenção) não é seu amigo, e a falta de se planejar pode leva-lo a andar em círculos.

              Tendo sua rotina de escrita definida, não a abandone por motivos banais. Seja rígido consigo mesmo as vezes, seja como um pai que quer o melhor para seu filho. Tenha planejado os horários de escrita e honre-os devidamente, não espere sua musa inspiradora, lembra-se dela lá atrás? Então, ela não te ama e quase nunca dará as caras. Por isso aprenda a seguir as regras definidas por você mesmo. Recuse tudo que lhe tirar do momento definido para a escrita. Mesmo que não esteja motivado, escreva de forma regular.

“Seja constante e metódico na sua vida, para que possa

ser violento e original no seu trabalho.”
Gustava Flaubert

         Corte As Arestas

              Nem tudo que você escreve deve conhecer a luz do dia, é triste ter que dizer isso, mas muitas coisas que escrevemos são relevantes apenas para nós mesmos; as vezes nem para nós. Por isso é importante saber enxugar o excesso, podar a grama, subtrair o inócuo. Pode ser doloroso as vezes, mas é um mal necessário.

             Vivemos em uma era de abundância, sobrecarga e tempo escasso, nem todos tem tempo para ler tudo que se passa na mente do colega ao lado. É importante que você seja preciso e claro em seus textos, não exigindo mais tempo do que o necessário de seu leitor. Muitas vezes o leitor vai estar disposto a lhe oferecer uma pequena parte de seu tempo, se o que você tiver a apresenta-lo valer o preço, ele lhe dará mais outra parcela do seu tempo, mas não conte com isso, não seja exigente.

             Escrever muitas vezes é também reescrever, cortar e resumir. Tenha isso em mente, não tenha amor à suas próprias palavras.

“Mate seus queridos, mesmo se isto quebrar o

coração do seu pequeno escritor egocêntrico.”
Stephen King

             Então, o que achou de nossas dicas? Esperamos que você as leve com você aonde for, e Escreva Criativamente sempre que necessário. Nós da Palavra Pronta esperamos ter contribuído.

              Não deixe de nos acompanhar nas nossas redes sociais.

               FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER

Explore mais

Coluna

Técnicas para discurso político

Aqui nós vamos ensinar alguns truques retóricos muito utilizados em discursos políticos – daqueles que enganam bem os ouvintes menos atentos. Vamos começar com a

Coluna

Origem da palavra Blog

Você está num blog, existem inúmeros, com todo o tipo de assunto: beleza, saúde, bem-estar, culinária, dicas práticas e por ai vai…Mas bem provavelmente você