DICAS PARA FAZER UMA CORREÇÃO DE TEXTO

Compartilhar post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Ao realizar uma correção de texto precisamos entender que todo texto, independente do assunto, tem a intenção principal de comunicar uma ideia, uma informação, um conhecimento. Um texto incapaz de passar para seu leitor o sentido de suas palavras é um texto cocho, que muitas vezes atrapalha mais do que ajuda.

A língua escrita, diferente da língua falada — que é rotineira e dada a regionalismos —, tem um papel muito próprio. A fala permite erros pontuais de concordância, oferecendo maior flexibilidade na hora de ter uma conversa.
Já a escrita, tem o papel primordial de ser concisa, coerente e gramaticalmente precisa.

Uma frase mal falada pode ser corrigida no mesmo instante, mas uma mensagem escrita errada, ou mal interpretada, pode te prejudicar de diferentes formas. Errar é normal, mas evitar erros é coisa de gente precavida.

Pensando nisso, escrevemos algumas dicas para ajudá-lo(a) na hora de fazer uma correção de texto.

ESCREVER É RELER

É comum que na correria do dia a dia, mesmo tendo total domínio da língua, deixemos passar alguns erros bobos, nada mais normal. Por isso, é importante fazer uma releitura do texto assim que terminá-lo, e quantas vezes mais achar necessário.

Observe os verbos, e se estão conjugados da maneira correta. Se os pronomes e preposições estão em seu lugar próprio. Observe se há erros gramaticais. Atente-se a coerência do texto, se a sentença da frente faz sentido com a frase de trás. Se as pontuações estão bem empregadas. Se o texto começa introduzindo a mensagem, então a desenvolvendo, e por fim, finalizando-a.

Se possível, para evitar o problema de olhos viciados — quando o erro está ali escancarado, mas você já não consegue vê-lo porque seus olhos já se acostumaram a ele — peça que alguém leia para você. Um par de olhos a mais sempre é bem-vindo.

O MUNDO NÃO É UM GRANDE WHATASPP

Vivemos em uma era onde a comunicação é feita de maneira rápida e espontânea. Contrações, gírias e abreviações são permitidas desde que dentro de um contexto, como por exemplo, em mensagens de texto. Ao enviar e-mails, escrever artigos, dissertações, trabalhos, publicações etc, prefira errar pelo zelo do que arriscar cometer deslizes que poderiam ser evitados.

SAIBA QUAL MENSAGEM O TEXTO QUER PASSAR

O segredo para fazer um texto coerente e objetivo é saber de antemão a mensagem que ele quer transmitir. Seja para escrever um e-mail ou um artigo, tenha em mente o que pretende ser expressado. Assim, seu cérebro já estará trabalhando antes de você sequer começar a escrever; o que acaba facilitando a etapa de correção.

O texto não está pronto quando é escrito! Por isso, se ele não está congruente na primeira vez, não tenha vergonha em reler e reescrever alguns parágrafos, se necessário. O importante é não passar ele para a frente sem transmitir a mensagem pretendida.

PARA QUEM É O TEXTO?

Você não fala com uma criança da mesma maneira que fala com o seus colaboradores, não é mesmo? Da mesma maneira, quando for escrever tenha em mente quem será seu leitor.

O texto para um cliente precisa ser solícito e amigável. Uma propaganda deve oferecer um produto (ou serviço) de forma que instigue uma emoção no possível cliente; se a propaganda é voltada para adolescentes, não faz sentido um texto formal. Se é um artigo para um site de casamento, corte todas as menções a relacionamentos negativos e situações que prejudiquem a experiência dos noivos que estão buscando se inspirar.

CORRIGIR TAMBÉM É CORTAR

Seja apenas para dar volume ao material, ou porque achamos que todas as nossas ideias merecem um lugar no papel, é comum que um texto seja maior do que deveria. Um texto prolixo nos dias de hoje pede para não ser lido. Por isso, ao fazer a correção de um texto, além de caçar erros gramaticais, leve um facão para cortar tudo que está em excesso.

Palavras e orações tem seus propósitos em um texto. Se elas não adicionam nenhuma informação importante para o leitor, elas não precisam estar lá.

CONCLUSÃO

Não é necessário ser um mestre da língua para se comunicar, mas ter o cuidado com a forma com que se transmite suas ideias para o papel só tem a te trazer benefícios. A correção de texto é uma parte fundamental do processo de escrita. Nenhum texto está pronto tão logo é escrito.

Seja rigoroso, mas não chato. Coerente, mas não prolixo. Objetivo, mas não vago.
Temos certeza que após essas dicas de como fazer a correção de texto, seus trabalhos escritos vão ficar ainda melhores.

Separamos para você três dicas para ajudá-lo(a) a resumir um texto, não deixe de conferir.

Caso queira conversar com nossos especialistas da escrita criativa, ligue para (34) 3612-1362 ou envie um e-mail para contato@palavrapronta.com.br. Será um prazer ajudá-lo(a) a escrever melhor.

Equipe Palavra Pronta.
www.palavrapronta.com.br

 

Explore mais

Sem categoria

Então, o ponto!

A receita é fácil, é só amassar bem até dar o ponto… O doce de leite ainda não chegou no ponto. 0 pé-de-moleque passou do

Sem categoria

Escrita Criativa

Se faça entender, passe seu recado mas de forma cativante… Assim cada linha será  “ consumida” por seu leitor… Isso é: ESCRITA CRIATIVA   A